Sem título.png

        O Projeto Nessa Rua tem um Rio reúne os processos desenvolvidos por vários artistas plásticos, junto aos jovens do Instituto Undió, e sua costura forma um novo jorro de significados, algumas vezes pela mera vizinhança de trabalhos díspares ou afins, outras por evidenciar relações internas entre as características materiais, espaciais e simbólicas das obras. A despeito das diferenças de leituras do tema rua - rio, a ‘escrita’ dos artistas e dos jovens que também desenvolvem seus projetos como um grupo, independente dos acadêmicos, utiliza recursos pictóricos, teatrais, musicais, fotográficos, videográficos, que a arte contemporânea habilita, por exemplo, nos processos das instalações e performances.
      O tema central, da rua e do rio, que inspira os projetos artísticos e instalações relaciona o interior e exterior - o rio e as bordas -a rua e o passeio – o público e o privado. Histórias sobre o rio original, ruído, cheiros, depoimentos sobre as enchentes, os transbordamentos, pesquisas sobre a ocupação do leito, detalhamento da urbanização, do sepultamento do rio e escoamento do trânsito tematizam o diálogo artístico entre modernidade e barbárie. E, objetivamente, o contato com a rua delineia seus moradores, lança luz sobre o caráter dual –público-privado – nos pequenos comércios que subsistem nessa linha entre moradia e empreendimento – sendo estas questões importantes e pertinentes aos jovens que frequentam o Instituto Undió. A novidade é a forma de olhar e enunciar os fatos e de arremeter-se nesse espaço político-simbólico.
     O projeto acontece na rua, na boca do Mercado, propondo interferências poéticas na Rua Padre Belchior e arredores, e um convite para pequenas ‘interrupções’ nos hábitos e ritmos usuais do centro da cidade, como possibilidade de inaugurar novas leituras e pontos de vista sensíveis sobre o cotidiano da e na cidade e suas possíveis (e infinitas) ‘entrelinhas’, sobre arte, memória, corpos e pensamentos. 
     As intervenções são desenvolvidas em caráter colaborativo: grupo de jovens do Instituto Undió e artistas convidados.

| PRÊMIOS |

Prêmio Gentileza Urbana - IAB e Prefeitura de Belo Horizonte - 2012
Prêmio Regional Itaú Unicef 2011
Prêmio Itaú Unicef 2007

 

 

|  COLABORADORES |
Adriane Puresa
Alexandre Pimenta
Ana Flávia Baldisseroto
Beatriz Goulart
Carlinhos Ferreira
Christian Forachr
Cristina Machado
Deise Oliveira
Dudude
Fernando Cardoso
Julia Portes
Junia Penna
Karina Felipe
Maíra Paiva
Marcelo Márquez
Marco Paulo Rolla
Marconi Marques
Maria Helena Bernardes
Marta Neves
Nydia Negromonte
Rafael Gaia
Raíssa Angrisano
Ronald Nascimento
Sávio Leite
Shima
Thereza Portes
Thiago Mendes
Wilson de Avellar
Xepa (Viviane Gandra e Marcelino Peixoto)
Piseagrama

|PADRE BELCHIOR, 280 - CENTRO - BELO HORIZONTE|